A oftalmologia veterinária é uma especialidade que vem se desenvolvendo continuamente, acompanhando a evolução da oftalmologia médica e as exigências do mercado pet. Estamos vivenciando uma realidade em que há um aumento da expectativa de vida dos cães e gatos e é nesse contexto de busca por uma melhor qualidade de vida para esses animais idosos que a oftalmologia veterinária se insere de forma indispensável.

Muitos cães e gatos manifestam alterações oculares comuns da velhice, como a catarata, a degeneração de retina e as neoplasias oculares. Contudo, as doenças oculares podem acometer estes animais em todas as idades. Cãezinhos jovens podem manifestar alterações congênitas como o dermoide ocular, a distiquíase e o entrópio. Nos gatinhos é comum a conjuntivite por Herpesvirus felino. Nos cães e gatos adultos jovens a ceratoconjuntivite seca, as alterações na terceira pálpebra e os traumas corneanos podem ser observados com grande frequência.

Adicionalmente, diversas doenças sistêmicas podem se manifestar por meio de alterações oculares, como a hipertensão arterial, a cinomose, a leishmaniose visceral e as hemoparasitoses transmitidas pela picada do carrapato.

É importante que o proprietário esteja atento aos sinais de doenças oculares, como o olho vermelho, lacrimejamento excessivo, secreção e coceira nos olhos, ou a dificuldade para enxergar. Também é de extrema importância procurar rapidamente um Oftalmologista Veterinário sempre que se observe qualquer um destes sinais clínicos. A saúde ocular dos cães e gatos depende destes dois fatores, e o Hospital Veterinário Santa Clara disponibiliza um serviço especializado em Oftalmologia Veterinária para contribuir para uma vida mais confortável e saudável para estes animais.

Além de exame clínico oftalmológico completo, realizado por um profissional qualificado, os serviços oftalmológicos especializados oferecidos pelo Hospital Veterinário Santa Clara incluem:

  • Teste Lacrimal de Schirmer, que avalia a produção de lágrimas, fundamental para o diagnóstico da ceratoconjuntivite seca;
  • Tonometria de aplanação, para aferição da pressão intraocular, necessária para o diagnóstico do glaucoma;
  • Oftalmoscopia direta, indireta e fundoscopia para avaliação da retina;
  • Testes de Fluoresceína e Rosa Bengala, que avaliam a existência de lesões na córnea;
  • Ultrassonografia ocular e retrobulbar.
  • Cirurgias de pálpebras, conjuntiva e terceira pálpebra;
  • Microscópio cirúrgico para microcirurgias corneanas e intraoculares.

 

Tags: oftalmologista veterinário Goiânia, oftalmologia veterinária Goiânia